04 agosto 2017

Eu, eu, eu....





    "Eu. Eu. Eu.

     Existem por aí muitas pessoas cheias de si mesmas. Que não conseguem ser quem são, pois vivem tentando viver a vida de quem não se é. Passam dia após dia, moldando uma falsa felicidade, baseadas em quem deveriam ser para se encaixarem em algum lugar. Onde? Quando e porque? 
São perguntas que não se calam diante de tantas atitudes vãs.

Tantas pessoas vazias, com mentes barulhentas que gritam por socorro.

Que clamam pelo direito de expressar a dor que se esconde por trás do sorriso aparentemente alegre da selfie.
As pessoas se trancafiaram em cárceres que elas mesmas criaram para si.
Olho ao meu redor e vejo coisas que eu pensava existir somente na ficção. Vejo relações mantidas por puro interesse, alpinistas sociais que se aproximam de outras pessoas apenas para usufruírem do que o outro pode oferecer, vejo pessoas forçando vidas perfeitas baseadas em mentiras.
Alguns chegam a acreditar na mentira que criaram... Mas até quando?
Até quando viveremos assim?
Já não nos importávamos com o próximo, agora já não nos importamos nem mesmo conosco.
Nada mais importa!
Não importa o que eu quero, o que me faz bem é insignificante diante da necessidade de provocar no outro inveja ou coisa semelhante.
Há tempos venho me distanciando de tudo o que vejo como mal.
E a cada dia me entristece o fato de ver que estão sobrando tão poucas coisas. Tão poucas pessoas.
Só se vive uma vez, não desperdice sua juventude tentando ser algo que não é só para se encaixar, só para ser aceito...
Muitas vezes vale mais ser feliz sozinho do que ser triste rodeado de gente falsa que só quer sugar aquilo de melhor que aparentamos ter.
Não seja a pessoa sugada.
Não seja a pessoa que suga.
Seja você...
A pessoa que tem inseguranças e medos.
Que tem dias bons e ruins.
Que não tem a melhor casa e carro.
Que não tem as melhores roupas.
Mas que tem uma alma leve e alva.
E que ao repousar a cabeça pela noite, tem a certeza de ter sido quem deveria ser."
(Yssa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

*Deixe sua opinião, ela é super importante para mim!

Beijos, e obrigada!